diferença entre celulas eucariontes e procariontes

Existem dois grandes grupos de organismos, os procariontes e os eucariontes.

As diferenças entre estes seres estabelece-se a nível celular, as principais diferenças são:

Características

Célula Eucariótica

Célula Procariótica

Tamanho

0,5 a 5 μm de diâmetro

Cerca de 40 μm de diâmetro e em média 1000 a 10000 vezes o volume da cél. Procariótica

Parede celular

Rígida, constituída por polissacarídeos com aminoácidos

Apenas nas plantas e fungos, constituída por celulose e quitina respectivamente. Rígida

Material genético

Em contacto com o citoplasma e sem qualquer invólucro nuclear

Possui núcleo e um ou mais nucléolos

Organelos

Sem organelos membranares, com muitos ribossomas

Vários tipos de organelos membranares (mitocôndrias, retículo, complexo de Golgi)

Estruturas respiratórias

Hialoplasma e membrana plasmática

Hialoplasma e mitocôndrias

Fotossínteses

Sem cloroplastos mas ocorre por vezes em lamelas fotossíntéticas

Dá-se nos cloroplastos (apenas nas células vegetais)

Flagelos

Organelos locomotores simples apenas ligados à superfície da célula

Organelos locomotores complexos envoltos na membrana plasmática

 
 

Eucariontes e Procariontes

Postado no 26 26UTC Fevereiro 26UTC 2008 por Andrea Barreto M. da Poça

As células são as menores porções vivas de um ser vivo. Elas podem ser comparadas a tijolos de uma casa. Cada tijolo de uma casa, seria uma célula de um ser vivo pluricelular.

Porém, o que são células Eucariontes e Procariontes ? Quais são as diferenças ? Você quer saber ? Então , continue lendo…

 

 

 

As células procariontes ou procariotas  ( a figura a sua esquerda) são diferentes das eucariontes . Sua maior diferença é que as células procariontes não possuem carioteca. A carioteca é uma membrana que separa o material genético do citoplasma. As células eucariontes ou eucariotas (a figura logo abaixo) possuem a carioteca, individualizando o material nuclear da célula

Veja bem: em ambas células existe o material genético, mas nas procariontes este está “boiando” no citoplasma. E na célula eucarionte, o material genético está no núcleo – separado pela carioteca do restante da célula.

As células procariontes não possuem certas organelas , como: a mitocôndria, o complexo de Golgi e o retículo endoplasmático. As bactérias e as algas azuis possuem este tipo de células. Já os fungos, as plantas e os animais possuem células eucariontes.

 

Procarionte

 

 

Procariontes, procariotas ou procariotos (grego: pro, anterior, antes + karyon, noz ou amêndoa – núcleo) são organismos unicelulares que não apresentam seu mate

Esquema mostrando estruturas de uma célula procarionte flagelada.

rial genético delimitado por uma membrana. Estes seres não possuem nenhum tipo de compartimentalização interna por membranas, estando ausentes várias outras organelas, como as mitocôndrias , o Complexo de Golgi e o fuso mitótico.

Esta definição engloba todos os organismos dos domínios Bacteria e Archaea. Tais células possuem diversas outras diferenças se compararmos com as células eucarióticas. Elas não possuem a maior parte das organelas (o ribossomo é presente), seu DNA é cíclico, a fluidez de suas membranas são apenas controladas por fosfolipídios (e não por fosfolipídios e esteróis como em células eucarióticas), não se juntam formando organismos pluricelulares, já que não tem a capacidade de formar tecidos, etc.

Este nome tem origem grega onde karyon, significa noz ou núcleo, combinado com o prefixo pro-, que significa anterior. Células com um núcleo são chamadas eucariontes, onde o prefixo eu- significa bom ou verdadeiro. Em algumas células procariontes observadas ao microscópio eletrônico foram observados vestígios nucleares pouco visíveis.

Deinococcus radiodurans: um procariota.

Além do núcleo, os procariontes também não possuem outras organelas celulares (como mitocôndrios ou cloroplastos) e o seu citoplasma não é dividido em compartimentos, ao contrário do que acontece nos eucariontes. O DNA dos procariontes, geralmente composto por um único cromossoma circular, encontra-se localizado numa zona chamada nucleóide no citoplasma. Este não constitui, no entanto, um verdadeiro núcleo. Também pode existir DNA sob a forma de anéis, os plasmídeos. Os mesossomos, invaginações na membrana citoplamática, estão incluídos na composição dos procariotos.

Os procariontes apresentam metabolismos muito diversificados, o que é refletido na sua capacidade de colonização de diferentes ambientes, tais como tratos digestivos de animais, ambientes vulcânicos, ambientes salobros, etc. Apesar de não possuirem organelas celulares, podem conduzir seus processos metabólicos na membrana celular. A maioria possui parede celular, algo que não acontece com certos tipos de células eucariotas (como as dos animais).

São sempre organismos unicelulares, reproduzindo-se assexuadamente por fissão binária. Outras formas de recombinação de DNA entre procariontes incluem a transformação e a transdução. Estas podem ocorrer entre organismos de diferentes géneros, emprestando características de um género a outro diferente. Um exemplo deste processo é a aquisição de resistência a antibióticos através da transferência de plasmídeos contendo genes que conferem essa resistência.

As bactérias têm uma grande necessidade de regular sua expressão gênica. Elas desenvolveram mecanismos para reprimir a transcrição de todos os genes que codificam enzimas não necessárias em determinado momento, e para ativar outros que codificam aquelas que são necessárias.

A espécie bacteriana Escherichia coli se destaca como organismo modelo e como ferramenta biológica para pesquisas científicas.

 

Eukaryota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

(Redirecionado de Eucariontes)

Eukaryota

Classificação científica

Superdomínio:

Neomura

Domínio:

Eukaryota
Whittaker & Margulis,1978
Reinos

Filogenia alternativa

O Domínio Eukariota, Eukaria, Eukarya, Eukaryota (eucariotas ou eucariontes) (gr. eu, verdadeiro + karyon, noz ou amêndoa – núcleo) inclui todos os seres vivos com células eucarióticas, ou seja, com um núcleo celular rodeado por uma membrana (DNA compartimentado, conseqüentemente separado do citoplasma) e com vários organelos. Possuem DNA associado a proteínas histónicas.

Os eucariotas variam desde organismos unicelulares até gigantescos organismos multicelulares, nos quais as células se diferenciam e desempenham funções diversas, não sobrevivendo isoladamente. Os eucariotas compartilham uma mesma origem, e por isso são agrupados numa hierarquia taxonômica superior ao reino: o domínio ou império, dependendo de como o autor encara a origem dos eucariotas.

Fazem parte desta categoria, Chamada de "Império Eucariota" por Cavalier-Smith de seres vivos os Reinos: animalia, as plantae, os fungi, Protista e os Chromista ou Stramenopilla. (Cavalier-Smith 1998, 2004)

As formas vivas que não fazem parte do domínio Eukariota são as bactérias e as Archaea (anteriormente denomidadas arqueobactérias), ou seja, os seres vivos com células procarióticas.Também há os vírus,que são seres acelulados.

Principais Sub/reinos ou Filos de cada Reino

Protista Sub-Reino

Animalia Sub-Reinos

Fungi Filos

Plantae Filos (níveis taxonomicos incertos na maioria dos casos)

Chromista Reinos

 

About these ads
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para diferença entre celulas eucariontes e procariontes

  1. Unknown disse:

    Na tabela está tudo ao contrário. As características dos seres procariontes estão denominadas como sendo eucariontes e vice-versa.Cuidado que pode levar muitas pessoas ao engano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s